Dica de Compra: Newsstand



Em meados do mês de outubro eu fiz minha compra de revista na Newsstand, um site inglês que vende várias revistas de lá com distribuição para o mundo inteiro oferecendo edições completas, do jeito que são ofertadas nas bancas de lá. Conheci a loja através da Madalena, que me orientou a comprar avulso, uma vez que eu só havia visto a possibilidade de comprar através de assinaturas e nos sites oficiais de cada revista. Para mim não compensava, porque eu iria gastar uma fortuna, já que o sistema de pagamento só possibilita pagar à vista. Outra desvantagem é que as editoras quando recebem pedidos de assinatura, eles não vem os extras das revistas, como os kits e brindes, que fazem tanta diferença.




A compra chegou em 19 dias e fiquei muito satisfeita. O custo total desta edição da Cross Stitch Crazy foi de mais ou menos R$34. Vou saber direitinho quando chegar a fatura do cartão, já que pode ter havido  alterações no dólar e não estou contanto ainda a taxa IOF.

Para quem se interessou, o processo de compra é bem simples. Segue o passo a passo:
  • Acesse o site www.newsstand.co.uk/pt/;
  • Cadastre-se clicando no botão "Sign In" no topo direito da tela e insira as preferências de compra como "Default Delivery Country" Brazil e "Default Currency" USD. Isto permitirá que a forma de cobrança seja em dólar americano, moeda mais adequada para comprar;
  • No campo de busca (search), digite o nome da revista que deseja, ou clique na categoria Knitting and Crochet;
  • Selecione o botão "Request this issue" (pedir edição atual)  para comprar a edição atual ou "Buy next issue only" (comprar apenas a próxima edição) se quiser o próximo número. Você também pode comprar em modo reserva várias edições subsequentes, até 18 edições e com isso já garantir suas revistas por 1 ano e meio;
  • Na tela seguinte, confira a edição e quantidade desejada. Leia os termos e condições, clique na caixa de seleção para aceitar  e clique em "Continue";
  • Na caixa "New Costumer" informe todos os dados pessoais e em seguida "Continue";
  • Informe os dados e entrega e em seguida o botão "Continue";
  • O site vai confirmar pela última vez o pedido e o endereço. Tecle em "Continue";
  • As formas de pagamento que você pode usar são cartões de crédito com bandeiras Visa, Mastercard ou sistema de pagamento online Paypal. O último sistema irá cobrar uma taxa administrativa de US$0.35 que irá custear a operação.
Um último conselho: Se você ainda tem receio de concluir uma compra internacional. Recomendo que se informe o suficiente até se sentir seguro com isso. Eu recomendo porque vi que a Newsstand tem um sistema seguro e tive a compra finalizada com eficiência. Boas compras!

Ponto Cruz: Criando itens de decoração com imãs

Nesta semana, minha amiga Madalena me presenteou com um lindo kit de ponto cruz. Com isso me despertou a vontade de compartilhar este post com vocês para incentivá-los a usar cada vez mais o ponto cruz para criações.


A Má publicou um post no blog dela um passo a passo de como criar esses imãs e o processo é relativamente bem fácil viu gente. Você só vai precisar de:
  1. Etamine
  2. Meadas
  3. Agulha para bordar
  4. Um gráfico bem fofo
  5. Folha magnética
Eu coloquei aí a dica de compra na Kalunga, porque é um lugar confiável e tem venda pela internet. Mas é mais comum do que parece encontrar nas papelarias viu? E como este blog atinge pessoas de todo o Brasil e do mundo, eheheheh.... Aconselho que você dê uma pesquisada na sua região, ok? #BóraBordar!






A menina e os gatos

Semana passada criei uma versão de gráfico de ponto cruz deste gif abaixo da coleção Cute Colors.


Baixe aqui

Eu só gostaria de esclarecer alguns fatores autorais. Quando recriamos algo que já existe mas em outro formato, como por exemplo remix de uma música famosa, ou neste caso uma versão em ponto cruz de um gif, isso é considerado como uma nova obra. Nós podemos ter autorização do autor da obra original para vendê-la e ele por sua vez, ter participação ou liberar o seu uso livre (como é o caso).

Um vez que não estou monetizando sobre a criação original, não estou infringindo nenhuma lei, por sua vez, vale lembrar que mesmo não monetizando, mas publicando obras que já foram criadas e distribuídas em formas licenciadas como livros, revistas e arquivos digitais, sua distribuição é restrita.

Aproveitem a menina e os gatinhos! =)

Raio X: Curso Básico de Ponto Cruz com Wagner Reis

Olá pessoal! Quero compartilhar com vocês minha experiência de compra do Curso Básico de Ponto Cruz com Wagner Reis. Para quem anda atento ao ponto cruz nos últimos dois anos, sabe que o Wagner iniciou seu projeto de ensinar ponto cruz em seu canal de vídeos no Youtube e isso acabou retomando uma febre de ponto cruz que há anos havia sido esquecida.

Com seu jeito despojado, dedicado e paciente, o Wagner acabou virando o queridinho do ponto cruz brasileiro. Inicialmente por seu um jovem rapaz que pratica a arte, isso acabou desmistificando em muita gente o fato de que ponto cruz é coisa de mulher e vovós!

Vou contar para vocês agora todo o processo do início ao fim sobre esta experiência:

Processo de compra:

O curso é vendido oficialmente pelo site Vitrine do Artesanato e pela central de televendas (11) 3382-2013 e demorou o prazo de 10 dias para chegar. Aceita pagamento por boleto e cartões de crédito.
O site é seguro e todo o processo é acompanhado pelo painel do seu cadastro e seu e-mail.


Você pode optar por dois itens:
  • DVD e apostila - R$79,80 à vista 
  • Mega Kit - R$239,40
    • 01 DVD ponto cruz com Wagner Reis
    • 01 apostila de ponto cruz com Wagner Reis
    • 01 caixa com 72 unidades de meadas de 8m cada
    • 01 estojo com 12 canetinhas hidrográficas
    • 01 tesoura wn-7789 curva
    • 100 placas de plástico organizadora de linha
    • 1 metro de tecido etamine branco (140x100)

Presente: 01 box organizador grande

Ponto Fortes

O Material impresso é muito bom! De papel com gramatura espessa, é possível manusear sem se preocupar em destruí-lo com o tempo. Tem gráficos lindos, além de curiosidades e uma entrevista bem legal.

Por se tratar de um curso para iniciantes, tanto no vídeo quanto na apostila são apresentadas informações importantes sobre materiais e hábitos iniciais para evitar erros e desperdício de material.

Não dá pra ficar entediado! Apesar do DVD ter apenas 50 minutos, muitos pontos são abordados e processos são acompanhados do começo ao fim.

Ponto Fracos

Um dos pontos negativos que mais me chamou a atenção foi a ausência de uma tabela de cores na legenda dos gráficos. Creio que por fatores contratuais com empresas têxteis, não foi permitida a informação de código de cores da Anchor, Maxxi e DMC por exemplo, sendo substituídos por informações como "verde claro, "verde escuro". A ausência de código de cores pode dar margem maior a um erro de tons que se espera.

Talvez seja um fator proposital para que sejam abordados em outras edições, mas poderiam ser falados mais informações primordiais, sobre como interpretar o gráfico, fotos de bordados aplicados em peças e sugestões.

Considerações Gerais

Achei o kit uma ótima oportunidade de começar algo que é como o Wagner disse, "uma terapia". Por ser de um conteúdo simples, é também atemporal. Não vai ficar defasado com o tempo e serve para todas as idades. É uma ótima opção de presente!

Ponto cruz contemporâneo

O ponto cruz é uma arte milenar, com ele, durante anos tendências foram desenvolvidas para satisfazer o público. Lembro que em meados dos anos 90 do século XX o que mais se buscava eram criações para aplicar em copa e cozinha e temas infantis.

Com o auxílio da tecnologia, foram aparecendo muitos programas e recursos de desenvolvimento para as criações, portando, isto deixou de ser uma exclusividade das editoras e passou a ser domínio público. Muitos designers de vários segmentos que simpatizam com artesanto acabaram por desenvolver esses materiais, principalmente os de domínio de design gráfico.

Nos últimos anos o crescimento de materiais digitais disparou e com eles, a internet tem sido uma poderosa ferramenta para a sua disseminação.

O ponto cruz contemporâneo veio para trazer identidade a um estilo de vida, aquilo que você gostaria de ter e fazer, tendo livre temas e frases únicos e a maravilha do artesanato faz com que cada peça seja única.

Separei alguns autores que tem sido destaque e agregando cada vez mais adeptos, principalmente no segmento geek, com criações de filmes, séries e jogos.

Pixel Power Design:

Autor do Pixel Power Design, Sergei Vozika elabora e desenvolve gráficos miniminalistas com temas de filmes, séries, filosóficos e infantis de muito bom humor.

Ele além de disponibilizar na sua loja oficial vários gráficos, ele foi além! Vende suas pixel arts em cases de celular, camisetas, canecas e muito mais! Você vai adorá-lo não só por conta disso, ele disponibiliza DE GRAÇA dezenas de gráficos no Google Drive! Como não amar?

Você pode encontrar suas criações, aqui, e aqui. Visite sua fanpage!



 

Andwabisabi Cross Stitch

Repleto de projetos únicos, Andwabisabi Cross Stitch cria gráficos fofos demais! Projetos rápidos também são seu forte. Com uma pegada mais engraçadinha são ótimas opções para presente.

Você pode encontrar seus trabalhos aqui, aqui e aqui.


 

Clouds Factory

Devo confessar que é um dos meus favoritos! As criações do Clouds Factory é uma pegada retrô anos 80 e 90 e muito fofa! Aborda temas de filmes, desenhos animados, bandas e é um queridinho do Instagram! Você pode encontrar seus gráficos aqui e curtir sua fanpage. Vira e mexe eles fazem promoção de gráficos!




You Make Me Sew Happy

Com traços mais longilíneos o YouMakeMeSewHappy (do inglês "você me faz costurar feliz") explora a cultura pop como um tributo pela sua paixão pelo ponto cruz. É muito interessante a criação deles e também dos demais designers de ponto cruz, que não se limitam a apenas converter gifs em gráficos, mas se preocupam com sua disposição, cores e graus de dificuldade. É notória a origem deles vindo pelo mundo digital.


 

The Frosted Pumpkin Stitchery

Eu sinto vontade de dar aqueles gritinhos de êxtase quando vejo as criações do The Frosted Pumpkin Stitchery. As amigas Amanda Jennings e Ashleigh Gilberson, criam gráficos inspirados na pop art japonesa kawaii e zakka. Suas artes são mais voltadas para o formato sampler, ou seja, um conjunto de amostras, onde você pode bordar o quadro todo ou aplicar seus elementos separadamente como quiser.

As meninas também bombam no Instagram criando hashtags especiais para quem borda poder ser tagueado durante suas criações. Praticamente uma grande família Frosted Pumpkin.

Você pode encontrar suas criações aqui e aqui.


 

Um olhar mais atento ao estilo vintage


Atualmente, o vintage é um dos estilos mais populares do momento. Todo lugar que você passa, lá está ele. Pessoas estão vestindo, decorando, visitando feiras e é claro, bordando! Mas quando exatamente este estilo voltou com tudo? E porque gostamos tanto de bordá-lo?

Para ser preciso, vintage é tudo aquilo que já foi moda alguma vez. Cores da moda e estilos de decoração dos anos 70, hoje podem ser ditos como estilo vintage, porque eles já estiveram antes em evidência. Mas no mundo do artesanato e decoração caseira, quando dizemos "vintage", nos referimos a algo mais sutil, clássico, delicado e belo. Como feixes de rosas, formas elegantes vitorianas, cores pasteis em formas rústicas, o shabby chic.

As revistas de ponto cruz tem investido bem em criações e várias delas estão recheadas de gráficos no estilo vintage, com formas florais, vitorianas e algumas reconstruções do século XX.

Várias técnicas de bordado, além do ponto cruz usaram cores e formas vintage para decorar, especialmente almofadas e peças de decoração de sala de estar. Atualmente, poltronas e assentos com tapeçaria bordada foram deixados no passado, mas o estilo de flores vitorianas são tão amados que podem ser encontrados no mundo da moda e decoração.

 

 


Sendo esquecidos em vários baús e porões por muito tempo, agora nós voltamos a amar este estilo tanto quanto nossas queridas avós. Mas, o que causou esse ressurgimento tão espontâneo?

Por conta de crises econômicas em várias partes do mundo, pudemos contar com uma verdadeira revolução artesanal nos últimos anos. A ideia do "Faça Você Mesmo" tem sido o apelo inicial para mulheres do mundo todo tirarem das gavetas seus kits de costura e colocar em prática suas habilidades voltando para artes muito queridas, como o próprio ponto cruz.


Ao mesmo tempo, foi-se voltando as atenções para os estilo de design e moda original de cada época. Já viu como tá na moda usar estampa floral dos anos 30? Ainda mais que hoje não tem problema nenhum você pegar este vestido velho e transformá-lo em uma linda bolsa. Quer bordar algo lindo para uma amiga mas não tem dinheiro para gastar com tecido e linhas novos? Fácil! Você pode reutilizar um lençol antigo ou fronha para compôr algo original e maravilhoso. Você pode criar um quadro em um bastidor de madeira bordando flores diversas nele. E graças à revolução vintage, nada será tão chique e moderno do que um presente original.

O senso de nostalgia tem sido um grande impulso para a popularização do estilo vintage. Muitas de nós adoramos lembrar nossas vovós fazendo as coisas com todo o amor e carinho com as próprias mãos. E cá estamos nós, em pleno século XXI loucas para encontrarmos algo delas em nossas gavetas.

Uma coisa é certa: O vintage é chique e veio pra ficar!

O melhor do Instagram

É fato que a internet e a tecnologia aproximam pessoas do mundo inteiro e desde que eu consegui meu smartphone há dois anos, tenho feito uso de uma das minhas rede sociais favoritas: O Instagram! Adoro ver os momentos que as pessoas desfrutam de seus hobbies, param um instante e clic! Está lá, pro mundo inteiro ver.

Por vezes, uma rotina pode se tornar cansativa, mas quando testemunhamos os trabalhos lindos de outras pessoas, isso acaba me motivando e inspirando. Nesta semana, escolhi minhas postagens favoritas. Inspire-se também!








Créditos: cross_stitch_aint_dead, kibritcikizzz, saries08, iramoraisyulia_balashova_svetlana_berezinskayameganclara93emi.roosdklchiasarah_bee12amanicmondaygemmacutter

Quem é o Designer: Emma Congdon

Eu adoro quando encontro novos designers de ponto cruz no mercado de trabalho. Isso prova que é um artesanato disseminado, segmentado e muito criativo, além de ilimitado. Já repeti várias vezes que criações em ponto cruz são nada menos que brincar com pixels físicos.

A designer que eu escolhi falar hoje, é a Emma Congdon. Tenho percebido que seus trabalhos estão mais frequentes nas revistas britânicas de ponto cruz nos últimos 3 meses, e realmente seu trabalho tem me encantado.

Com o blog existente a pouco mais de dois anos, não pude deixar de ter alguns designers e personagens favoritos e isso se deve muito ao gosto pessoal de cada um. Os trabalhos da Emma são muito singelos e simples, além de muito fofos. Miniminalistas, acabam animando muito, pois são fáceis de bordar.

Emma é designer gráfica, formada em Londres e seu trabalho predominou por muito tempo com design para ambientes varejistas, como criação de marcas, embalagens e identidade visual.

Já trabalhou com a Coca-Cola Zero, Nestlé, Philips, Colgate Palmolive, Ariel, Olay, Head and Shoulders, Oral B, Wella, Baileys, Smirnoff e muito mais.



Quando não está trabalhando em projetos comerciais, ela cria gráficos para projetos em ponto cruz e tem demonstrado isso com excelência nas últimas edições da Cross Stich Crazy, World of Cross Stitching, Cross Stitch & Needlework e CrossStitcher Magazine. Ela é bem presente no meio online também. Possui uma página de vendas de gráficos digitais no Etsy. Lá, você pode comprar designs de alta qualidade em arquivos PDF.

Emma começou a se apaixonar por ponto cruz desde pequena, quando sua avó colecionada alguns samplers na parede de casa e ficou fascinada com a simetria e estilo de cada um. Com 10 anos ela comprou seu primeiro kit de ponto cruz e começou a bordar desde então. Seu prazer em bordar está no mesmo patamar em criar os projetos que ela faz para as revistas e bordar acaba colaborando muito no processo de criação.

Adepta de cores fortes, formas blocadas e tipografia, ela é inspirada por formas retrô e também do bordado contemporâneo. Um bloco de notas e uma câmera fotográfica são ferramentas que ela também não dispensa no seu processo criativo.

Pelo fato dela também sentir dificuldades em fazer nó francês, Emma confessa que ela mesma o evita em seus projetos, o que são ótimos para iniciantes, já que contam com formas de pontos cheios, sem meio pontos, contornos em excesso e meio pontos. Animou? Prepare as agulhas e linhas e mãos à obra!


Visite o painel de Emma Congdon no Pinterest!


DVD de Ponto Cruz do Wagner Reis!

Oi gente! Vim super empolgada divulgar o lançamento oficial do DVD Curso de Ponto Cruz com Wagner Reis.

Esse Curso de Ponto Cruz com Wagner Reis é o primeiro trabalho oficial da Vitrine do Artesanado sobre ponto cruz, é um conteúdo completo com todas as dicas para você fazer lindas peças e aperfeiçoar suas habilidades. 
Nesse curso incrível você aprende desde como começou o ponto cruz, técnicas utilizadas, gráficos e uma entrevista exclusiva com o talentoso artesão Wagner Reis. 
Como aprender e fazer artesanato na técnica de bordado?
Só com os cursos da Vitrine do Artesanato você recebe o material didático com os materiais para praticar em casa!

CONTEÚDO DO KIT:
- 01 DVD PONTO CRUZ COM WAGNER REIS (Duração aproximada: 100 minutos)
- 01 APOSTILA DE PONTO CRUZ COM WAGNER REIS (Quantidade de páginas: 36)

Não fique fora dessa oportunidade única.

Aproveita!!!

Star Wars Day: Aprenda a fazer um sampler em ponto cruz

O dia 4 de maio é considerado um feriado por fãs de Star Wars para celebrar a cultura de Star Wars e honrar os filmes. O dia é chamado de Dia de Star Wars por causa da popularidade de um trocadilho com o modo de chamar esse dia em inglês.

Como a frase "May the Force be with you" (em português, "Que a Força esteja com Você") é uma citação famosa muitas vezes falada nos filmes de Star Wars, os fãs comumente dizem "May the fourth be with you" (em português, "Quatro de maio esteja com você") neste dia. 



"Sempre dois, há. Nem mais, nem menos. Mestre e aprendiz ...", como disse uma vez um sábio mestre Jedi. Com este tutorial de ponto cruz, você vai aprender a bordar um sampler com um clássico do tema sci-fi. Não tenha medo. Medo leva à raiva, raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento. Em algumas etapas fáceis, você irá de Padawan do ponto cruz para Mestre Jedi.

Abasteça!



  • 1 meada linha de bordar branca (Anchor 001).
  • Etamine preta nas medidas 25 cm x 25 centímetros.
  • Tesoura.
  • Águlha de bordado.
  • Gráfico de ponto cruz.
  • Bastidor (opcional).

Faça o download do gráfico de ponto cruz:


Prepare-se!

Em primeiro lugar, serei sincera, nós estamos indo para o lado negro da força.  Etamine preto pode ser complicado de trabalhar, mas usando cores claras e ainda mais o branco, realmente fará seus pontos saltarem. Pense neste projeto como criar uma missão de destruição da Estrela da Morte, confie na força que eu vou guiá-lo para o seu lugar nos Arquivos Jedi.

Prepare o tecido para o bordado localizando o centro. Dobre ao meio e depois ao meio novamente. Levemente pressione a dobra e em seguida desenrole. Você vai ver as linhas tênues que se cruzam no centro do tecido.


Se você estiver usando um bastidor, coloque o tecido no bastidor com o centro da tela no centro do aro (neste caso, usou-se um bastidor de aro 5).

Você pode começar a bordar do centro ou contar as tramas do centro até o primeiro ponto extremo e começar a partir daí. Para encontrar o centro do seu gráfico, basta contar o número de pontos totais e dividir por dois. Repita o procedimento na linha de altura e, em seguida o ponto de largura se encontrará com o de altura e e voilá!


2. Sinta a Força

Assim que tiver decidido por onde começar, tome a sua linha do bordado, puxe um fio de meada de aproximadamente 30cm de comprimento. Dobre o fio ao meio e crie uma argola.

Traga o seu sabre de luz, uh, quero dizer, agulha por cima do tecido passando a agulha por cima de duas tramas na verticar, e puxe a linha por dentro da agulha até prender na argola criada. A partir daí, comece os pontos usando a agulha sempre na vertical.


3. Use a força

Mantenha-se sempre atento ao sentido dos pontos. Recomendo que faça cada letra de uma vez e quando finalizá-lo, faça o arremate no avesso passando a agulha por trás de 2 ou três tramas e recomece o processo novamente no ponto inicial de outra letra.



4. Complete a missão!

Remova o tecido do aro e passe o ferro (não muito quente) por cima dos vincos que ficaram por conta da pressão do bastidor.


Alinhe o bordado usando o vidro do seu portar retrato e corte os excessos desiguais deixando 3 centímetros para firmar o avesso na moldura.


5. Muito bem, jovem Padawan!

Firme o tecido em um papelão de mesma medida do vidro da moldura do quadro e posicione. Pronto! Você agora já está preparado para mais uma missão ao lado dos maiores guerreiros da galáxia!

Dica de Compra: Newsstand

Em meados do mês de outubro eu fiz minha compra de revista na Newsstand , um site inglês que vende várias revistas de lá com distribuição ...